Independentistas reunirám-se com o BNG para apresentar moçons nas instituiçons contra a ilegalizaçom de Causa Galiza

parladoiro-galego   Umha delegaçom de independentistas imputadas na Operación Jaro reunirá-se nesta quinta-feira com a direçom do BNG. O objetivo da cita a celebrar na sede nacional da formaçom nacionalista é informá-la do estado do processo iniciado com as nove detençons de 2015 e a ilegalizaçom de Causa Galiza e, sobretodo, solicitar a sua colaboraçom para levar aos plenos municipais em que o BNG tem representaçom e ao parlamento autonómico a denúncia do atual processo repressivo aberto contra o independentismo galego.

Concretamente, a delegaçom proporá o registo e defesa nos concelhos da Galiza da moçom entregada ao BNG por correio eletrónico em 10 de outubro. A respeito do Hórreo, a proposta é a apresentaçom dumha Proposiçom nom de Lei (PNL). O objetivo em ambos casos é amplificar a denúncia do processo político-judicial e fazer com que as instituiçons debatam e se posicionem frente à ilegalizaçom de Causa Galiza e exijam o arquivo do processo antidemocrático aberto contra nove independentistas pola sua militáncia política.

Normalizaçom do diálogo

Este coletivo agradece ao BNG a prontitude na resposta à solicitude do encontro, que adquire ainda mais significaçom política umha vez que foi umha reuniom anterior mantida com a ilegalizada Causa Galiza a que motivava a citaçom na Audiencia Nacional dos dirigentes nacionalistas Xavier Vence e Bieito Lobeira em qualidade de testemunhas no marco da Operación Jaro. Aguardamos que o encontro sirva para construir pontos de encontro e açom comum para a denúncia da repressom política e o corte de liberdades.

En Marea

O partido instrumental En Marea também recebeu no passado 12 de outubro um correio eletrónico idêntico ao enviado ao BNG. Nesta mensagem, o Coletivo de Independentistas Imputadas e Imputados na Operación Jaro solicita um outro encontro com esta formaçom para recabar o seu apoio nesta estratégia de emprego das instituiçons para amplificar o debate político sobre a situaçom policial, judicial e penitenciária de exceçom que vive o independentismo organizado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s