Antom Árias Curto, imputado na ‘Operación Jaro’, denuncia a ilegalizaçom de Causa Galiza no Festival da Liberdade

antom-arias-curto Foi neste sábado no decurso do Festival da Liberdade em Cangas do Morraço. O histórico militante independentista Antom Árias Curto interviu desde o palco do festival para denunciar perante centenas de pessoas a ilegalizaçom de Causa Galiza e a continuidade, quase 365 dias após as nossas detençons, dum processo político-judicial na Audiencia Nacional espanhola contra nove independentistas galegas.

Curto assinalou em nome d@s imputad@s na Operación Jaro que esta trata de “bloquear a construçom do projeto político independentista no nosso país” para perpetuar o estátus de dependência colonial. Aliás, advertiu, também em nome do coletivo de que fai parte, que “nom temos medo” à Audiencia Nacional e à eventualidade dum juízo político e condenas de prisom por sermos independentistas. A intervençom, que se enquadra na tomada da palavra por parte d@s imputad@s nos atos populares, foi recebida com gritos de Galiza ceive, poder popular! e Independência!.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s