Processados na ‘Operación Jaro’ iniciárom umha campanha informativa permanente

Palestra JaroAs nove independentistas detidas no passado outubro no marco da Operación Jaro da Guardia Civil decidírom iniciar umha campanha informativa continuada sobre o seu processo que consistirá na celebraçom de palestras informativas com associaçons vicinais, centros sociais, comités de empresa, centros de ensino, etc., de modo que a sociedade galega conheça de primeira mao a operaçom, as suas consequências e a perspetiva coletiva das pessoas encausadas.

A tal efeito, como se anunciou nas últimas semanas, a visibilizaçom do atual processo político-judicial, para além de se dirigir ao tecido associativo nacional, abordará também as instituiçons políticas, de modo que desde o Parlamento da UE até os concelhos debatam e se posicionem sobre a primeira ilegalizaçom dumha organizaçom política na Galiza desde o golpe de Estado de 1936 e o posterior genocídio.

Solicitude ao tecido associativo

As pessoas encausadas na Operación Jaro estám a tomar contato com representantes institucionais e com o tecido associativo do País a fim de desenvolver esta dinámica. Aproveitando o lançamento do nosso web, convidamos também as pessoas, organizaçons, associaçons e coletivos interessados em facilitar e multiplicar esta iniciativa de denúncia a contatar-nos para abrir portas à nossa voz nas paróquias, vilas e cidades do País.

Anúncios