Dam a conhecer a ‘Operación Jaro’ nos Països Catalans

AlertaAlerta Solidària, organismo anti-repressivo catalám do campo independentista, publica nesta semana no seu sítio web um extenso trabalho sobre a repressom política contra o Independentismo Galego. Esta reportagem é da autoria do Coletivo de Processados e Processadas na Operación Jaro e do Organismo Popular Anti-repressivo Ceivar e foi publicada onte coincidindo com a celebraçom do Dia da Pátria. Segue a ler

FAPE resolve que a linchagem mediática dos detidos de Causa Galiza respondeu a informaçom “veraz”

Meios   A Operación Jaro foi acompanhada no seu dia dum formidável e unánime aparato mediático destinado a criminalizar as independentistas detidas, suprimir a sua “presunçom de inocência” e fixar socialmente como única versom possível dos factos a que preestabelecia através das “notas informativas” o Ministerio de Interior espanhol. A Federación Española de Asociaciones de Prensa (FAPE) validou hoje por escrito esta modalidade de atuaçom que viola os mais elementares princípios do código deontológico do jornalismo. Segue a ler

Observatório polos Direitos e Liberdades EsCULcA recomenda a visita ao nosso web

EsculcaEstreitar laços com as pessoas, coletivos e agentes sociais que trabalham contra a deriva autoritária do regime espanhol é umha tarefa que nos marcamos como coletivo de independentistas com um processo penal aberto na Audiencia Nacional espanhola. Nesta linha de atuaçom, solicitamos recentemente ao Observatório polos Direitos e Liberdades EsCULcA a ligaçom para a nossa página web com vistas a multiplicar o acesso à denúncia do nosso caso de repressom política. Segue a ler

Publicamos um completo dosier de imprensa sobre a ‘Operación Jaro’

Jaro 42   Publicamos hoje um amplo dosier de imprensa sobre a Operación Jaro que no passado outubro se saldava com a ilegalizaçom fática da organizaçom independentista Causa Galiza, a detençom e imputaçom penal de nove militantes e o início dum processo jurico-político que pode derivar no processamento destes independentistas na Audiencia Nacional. O dosier recolhe todos os aspetos principais relativos a como os mass mídia cubrírom a vaga repressiva apoiando a versom da Guardia Civil. Segue a ler

Diversos coletivos em luita alcançados pola repressom fam a sua posta em comum em Teis

Teis.jpg   Convidados no local Mestura, em Teis, distintos coletivos sociais e políticos que fumos alcançados pola repressom policial, judicial ou administrativa figemos onte umha interessante posta em comum na paróquia de Teis. O formato do ato foi o de palestra coletiva e exposiçom dos distintos processos repressivos de que somos objeto, assim como de contraste das perspetivas para a futuro imediato e construçom de cumplicidades. Segue a ler

Participamos em Teis numhas jornadas anti-repressivas com outros coletivos

teis   Seguimos socializando no País a denúncia Operación Jaro e as nossas perspetivas atuais como militantes independentistas para darmos a volta à repressom. Como parte desta estratégia de informaçom, neste sábado participaremos em Teis (Vigo) na mesa redonda Os retaliados falam organizada por vários coletivos que abordará diversos processos repressivos atualmente em curso. Segue a ler

Ilegalizaçom de CAUSA GALIZA foi outra montagem política de Jorge Fernández Díaz

Palha   Hoje, o Ministro de Interior espanhol Jorge Fernández Díaz ocupa titulares por traçar desde o seu departamento operaçons de acossa a dirigentes independentistas cataláns com apoio de meios, fiscais e outras autoridades. É o modus operandi tradicional deste regime e surpreende a cada menos gente, à vez que um autêntico facto diferencial do sistema político espanhol, se o comparamos com outros da sua contorna geopolítica. Segue a ler

Europa ouvirá falar em julho da ilegalizaçom de Causa Galiza

mirandaTodos os foros som úteis para espalhar aos quatro ventos o processo repressivo de exceçom aberto sobre o Independentismo Galego organizado. Neste sentido, as pessoas encausadas na Operación Jaro contatamos recentemente com Ana Miranda, nº 2 da candidatura Os Povos Decidem, coligaçom do BNG com EH Bildu outras forças nacionalistas, para que a política de exceçom do Reino de Espanha na Galiza seja conhecida em Europa. Segue a ler

CIG colaborará na denúncia da ilegalizaçom e o hipotético juízo político

cig   As independentistas encausadas na Operación Jaro contatamos recentemente com o sindicato nacionalista CIG para recabar o seu compromisso na denúncia do atual processo repressivo no mundo laboral. Esta solicitude assumida pola central galega concretará-se após o verao na leitura dum manifesto informativo nas assembleias de delegadas e delegados da CIG em todo o País e o debate sobre a significaçom política da ilegalizaçom. Segue a ler

Ferrol reflexiona sobre a relaçom entre meios e repressom contra o Independentismo Galego

tese   Helena Domínguez, doutora em Ciências da Informaçom, apresentará no Ateneu Ferrolano a sua tese A construçom mediática do conflito político na Galiza. O tratamento mediático de Resistência Galega. O trabalho da doutora arousá foi sancionado com matrícula cum laude polo tribunal da USC que o examinou e é umha das primeiras linhas de investigaçom abertas nesta temática que, no ámbito académico, se enquadra no politicamente incorreto. Segue a ler